Como descobrir o flexfield de um form no Oracle EBS

descobrir o flexfield - post

Já precisou descobrir o flexfield de uma tela Forms no EBS?

Para os mais experientes essa pode parecer uma pergunta simples, mas para quem está começando pode ser algo desafiador.

Flexfields não são componentes tão simples de se entender, leva-se um tempo até se acostumar com o conceito, estrutura e configuração.

Nesse artigo será abordado como fazer para descobrir o flexfield do tipo descritivo em telas desenvolvidas em Oracle Forms.

Se esse assunto é interessante pra você, acompanhe esse artigo para saber mais sobre:

  • Busca pelo título do flexfield
  • Busca pelo nome da tabela

Busca pelo título do flexfield

Vamos começar pelo jeito mais simples e menos “técnico”, que é pesquisando pelo título do flexfield.

Essa informação a gente encontra na própria janela de segmentos (quando clicamos nos [..]):

descobrir o flexfield - descritivo

O título da janela é o próprio título do flexfield.

Lembrando que se por um acaso esse título teve alguma alteração e o flexfield ainda não foi compilado, aparecerá a informação antiga (mas dificilmente um título de flexfield é alterado).

Com o título em mãos, é quase certo que já poderíamos encontrar o flexfield, mas como flexfields de aplicações diferentes podem ter o mesmo título, é aconselhável garantir e confirmar o nome da aplicação também.

No exemplo acima está sendo utilizado o form de condições de pagamento do AR, então sabemos que a aplicação é Receivables.

Mas caso tenha dúvidas, basta acessar o Examine, em Block selecionar $DESCRIPTIVE_FLEXFIELD$ [1] e em Field o bloco correspondente [2] ao flexfield que você está interessado:

descobrir o flexfield - examine

O nome da aplicação aparece entre (), no caso aqui (Receivables).

Em posse dessas duas informações, é só acessar o form de segmentos dos descriptive flexfields e efetuar a pesquisa:

descobrir o flexfield - segments form

Busca pelo nome da tabela

Agora uma opção mais técnica (por envolver nome de tabelas) e a que eu geralmente utilizo (por ser mais rápida).

Conhecendo o nome da tabela base do form, basta acessar o form de registro de flexfields e pesquisar pelo nome da tabela:

descobrir o flexfield - register form

Então é só pegar o nome da aplicação e título e consultar por eles no form de segmentos.

Se você não sabe o nome da tabela, existem N maneiras de descobrir, uma bem simples é utilizar o recurso de Propriedades do menu de Diagnósticos (semelhante ao Examine) e verificar a última consulta realizada pelo bloco do flexfield:

descobrir o flexfield - diagnostics

Provavelmente aparecerá uma view em vez de tabela, mas geralmente o nome “base” é o mesmo e uma pesquisa com % já resolveria, exemplo: RA_TERMS%.

Caso não resolva, abra a view e verifique o SQL para identificar o nome da tabela base.

Conclusão sobre a tarefa de descobrir o flexfield

Aprender a lidar com flexfields é um processo, leva um certo tempo até se acostumar com as principais funcionalidades.

Se você se encontra nesse processo e gostaria de acelerar o aprendizado, dê uma olhada no curso Oracle EBS Essentials. Existe um módulo específico para flexfields, onde cada etapa é abordada em detalhes, para flexfields descritivos e chave.

Se você considera esse artigo interessante e acha que ele pode ser útil para mais pessoas, não esqueça de compartilhar com a sua rede de contatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *