O que são Value Sets (Conjuntos de valores) do Oracle EBS

Value sets - Capa

Os value sets (conjuntos de valores em português) são componentes muito utilizados no Oracle EBS, principalmente na questão de validação e segurança de dados informados.

Podemos utilizar os value sets para validar o conteúdo informado em flexfields e parâmetros de programas concorrentes.

Acompanhe esse artigo para saber mais sobre:

  • Estrutura: Sets e values
  • Usos para os value sets (Validação, tipos de validação e segurança)
  • Como referenciar outros componentes com as variáveis bind

Estrutura: Sets e Values

Os value sets são basicamente compostos pelos Sets e Values.

Os Sets são os conjuntos propriamente ditos, como se fossem o cabeçalho.

Os Values são os valores pré-estabelecidos que associamos aos Sets (dependendo do tipo de validação).

O acesso no EBS fica em:

🔍 Application Developer » Application » Validation

value sets - acesso

O form de Sets é esse abaixo:

value sets - form

Usos para os value sets

Os usos são diversos, citando os principais:

#01. Validação de formato

Com um value set podemos validar o formato de um conteúdo que está sendo informado pelo usuário:

value sets - format validation

Assim podemos validar:

  • Se o dado é um CHAR, DATE ou NUMBER
  • O tamanho do texto digitado
  • Se aceita apenas números ou não
  • Faixa de valores aceitável (Mínimo e máximo)

#02. Validação de valor

Além de validação de formato, podemos validar também a informação que será fornecida, inclusive disponibilizando uma lista de valores permitidos para facilitar o preenchimento:

value sets - value validation

Os possíveis tipos de validação são:

Dependent e Independent

Lista de valores previamente cadastrados:

value sets -values

None

Como o nome já diz, não tem validação de valor, apenas de formato.

Special e Pair

Esses dois tipos não são muito utilizados na criação de novos value sets, principalmente por causa da sua complexidade.

São muito utilizados em flexfields nativos.

Com eles é possível efetuar validações mais avançadas, inclusive com combinações de valores, como os key flexfields:

value sets - special

Table

O tipo Table é bastante utilizado, com ele podemos fornecer uma lista de valores com base em dados de uma ou mais tabelas.

value set - table validation

Translatable Independent e Translatable Dependent

Esses dois tipos são basicamente a mesma coisa que Dependent e Independent, mas com a possibilidade de mostrar valores traduzidos (o usuário vê um valor na tela mas na base é gravado outro).

#03. Segurança

Além de garantir que o usuário informará apenas valores permitidos, podemos também associar os value sets com regras de segurança do Oracle EBS para adicionar uma camada de extra de proteção.

Como referenciar outros componentes com as variáveis bind

Além de todas as possibilidades de validação do próprio conteúdo que está sendo informado no flexfield ou parâmetro de concorrente, podemos também referenciar outros componentes para deixar a validação ainda mais inteligente.

:$FLEX$

Com o :$FLEX$ podemos referenciar um outro segmento de flexfield ou parâmetro de concorrente na validação:

value sets - bind flex

A sintaxe é :$FLEX$ + “.” + <nome do value set que está sendo referenciado>

Veja mais sobre essa variável bind em Como referenciar outro segmento de flexfield em um value set.

:BLOCK.FIELD

Esse tipo de variável bind está descontinuado mas ainda é possível utilizar, com eles podemos referenciar campos da tela de um form diretamente na validação do nosso value set.

A sintaxe é :<NOME DO BLOCO> + “.” + <NOME DO CAMPO>

Veja mais sobre essa variável bind em Como referenciar um campo de um form em um value set.

:$PROFILES$

E ainda podemos retornar o conteúdo de uma profile para utilizar na nossa validação.

A sintaxe é :$PROFILES$ + “.” + <NOME DA PROFILE>

Veja mais sobre essa variável bind em Como referenciar profiles em um value set.

Conclusão

Value sets são muito versáteis e extremamente poderosos.

A configuração pode ser simples ou bem complexa, dependendo das suas necessidades.

No curso Oracle EBS Essentials existe um módulo exclusivo para value sets, onde todas as etapas são tratadas nos mínimos detalhes, com exemplos práticos.

Se gostou desse artigo, não esqueça de compartilhar com a sua rede de contatos.